domingo, 15 de março de 2009

tem dias que parecem mais pesados, mais negros do que outros tantos dias, esses dias fazem nós viajarmos, as vezes nos leva a nos culpar, ou acusar, a julgar os outros, culpar os outros, mais o que esquecemos de ver é que estamos onde estamos por causa de nós mesmos, e que todas nossas atitudes, por mais que fossemos influenciados pelo meio que vivemos, foram toda atitudes nossas! escolhas nossas! mais somos rápidos em julgar, apontar e transferir responsabilidades, só somos lentos em chamar a responsabilidade dos nossos atos para nós mesmos! sempre a culpa é do outro, ou quando não é assim caímos no outro Polo do exagero, que é ficar se martirizando de culpa pelo erros cometidos, a grande verdade é que criamos os nossos próprios monstros, não sossegamos em ver as coisas indo bem, "queremos sarna pra se coçar", eu tenho vivido certas coisas negativas na minha vida, e tomo responsabilidade, chamo pra mim a questão, vejo que eu tomei certas atitudes que eu mesmo sabia das consequências negativas, não transfiro responsabilidades para outros, e também não fico me culpando, pois o que passou passou, o que vale é o dia chamado "hoje", e tudo de mal que vim a fazer ou vier a fazer sei que estou debaixo da graça, na qual me tira de toda culpa, e me coloca no caminho da mudança, esse caminho da graça, é o próprio Jesus, que morreu e ressuscitou por todos os humanos, para tanto perdoar seus pecados como para já no tempo chamado hoje, pudéssemos saber o que verdadeiramente é "viver", para sabermos o que verdadeiramente é ser "feliz", e isso não tem nada haver com religião e sim tudo haver com fé, que nos faz saber que estamos no caminho, que esse é o caminho.
abraços

Balada


Acabei de acordar, e acredito que pela questão do tempo que temos que dormir, que não cumpri muito o horário, fui na boate do tia Nena e cheguei as quatro e pouco da madru e já estou eu aqui de pé,cinco horas depois, mais independente das minhas irresponsabilidades para com meu sono, tudo valeu a pena! pois acho que balada faz parte do meu DNA, se não faz parte eu não consigo explicar! é algo que me agita! é como se fosse uma grande opera do século XXI, nessa madrugada na danceteria reparei nos vídeos de vale tudo que colocaram, e vi que isso tem haver um pouco comigo, eu danço, mais não só isso, eu luto também! embora nessas lutas eu deixo alguns pés machucados rsrsr mais hoje a frequência é menor, aprendi a me acostumar a dançar no espaço que tenho e respeitar o espaço dos outros rsrsrsr é meio difícil ainda, pois tem uns desavisados que parece que só ficam passeando na balada e chegam do nada sem me avisar, ah dai é pra pedir pra tomar um psy trance no pé rsrsrs enfim só vim aqui escrever hoje porque estava afim de escrever como foi bom a noite, ótima! um tesão! e outras virão!



abraços e muita diversão

sexta-feira, 13 de março de 2009

Religião

Estou com muita vontade hoje de escrever, e o assunto que me veio a mente foi religião, algo que tem haver com "religar" mais que na verdade não "liga" nada e só traz mediocridade para o ser, o que escrevo aqui pode ser interpretado até como rebeldia, mais verdadeiramente não é, a religião não passa de uma grande coisa em uma privada, talvez até isso(aquela coisa na privada rsrsr) seja melhor! pois o que sabemos é que a própria psicologia nasceu no ocidente, e se formos ver não é por acaso, o que o cristianismo trouxe de mal para o mundo nem Freud explica! haja psicologia! haja tratamento para os desejos sexuais reprimidos! a verdade do Deus do cristianismo é que ele já nasceu morto! a beira do fracasso! isso tudo que estou dizendo é algo que ofende certos cristãos?? imagine quanto mais a verdade cristã ofende a Jesus Cristo!! pois o verdadeiro Cristão não tem nada haver com a religião "cristã" pois ela cheira a podridão!! é uma grande babel pronta pra vir abaixo!! o que o catolicismo fez para o mundo? um vamos ver......matou aqueles que não eram da mesma fé, ensinou que sexo é algo pecaminoso, ensinou que os prazeres vem do "demo" e fez do inferno um lugar que toda pessoa em sã consciência deseja mais que o céu! horas bolas isso ainda é um resuminho de tudo! vem dai o protestantismo, que na verdade foi só protesto, não passou disso, continuou igual em essência, mudou sim varias coisas exteriormente, podia o homem já achar que dar uma metida com a patroa não era pecado, mais continuava tudo o mesmo na essência....tinha que casar no papel pra legalizar se era bom ou não o "ato", ainda continuava aquele mesmo receio " mais será de Deus isso mesmo"? rsrsrs ah acho que nem precisa fazer muita diferença entre protestantismo e catolicismo, protestantes não gostam de Maria... mais idolatram muitas outras "Marias" as quais se chamam Mamom ou para ser mais claro o dinheiro! enfim tudo a mesma coisa, eu tenho muito mais a falar o que penso e porque penso assim, mais por hora fico aqui só com esses pensamentos.


abraços a todos

domingo, 8 de março de 2009

Palavras

sem palavras mais um momento sem palavras
momentos de solidão e secura de alma
sem palavras mais um momento sem palavras
momentos sem visões e sem graça
sem palavras mais um momento sem palavras
um momento sem inspiração e cheio de magoas
sem palavras mais um momento sem palavras
é a alma tentando se expressar mesmo nessa desgraça

quarta-feira, 4 de março de 2009

você

você nunca soube quem realmente eu sou
você nunca soube o que verdadeiramente eu sentia
você foi um amor do meio-dia
você foi a vida que a minha alma precisava
você também foi a desgraça que não faltava
você foi a alegria de vários dias
você também foi uma depressão que não saia
você foi o amadurecer da minha vida

Paixão

Quem não viveu uma grande paixão não sabe da vida o que é respirar, a paixão faz dessa vida algo mais belo, por instantes faz milagres em nosso ser, arranca-nos dessa realidade cada vez mais desgraçada, ah como é bom viver aqueles momentos de pele com pele, excitação...... desejos....aquela experiência de fazer amor só pelo olhar.....sentir o cheiro da pessoa amada, os arrepios que surgem só no encostar dos corpos...ah e a falta de apetite!! isso poderia pelo menos a natureza não no cobrar rsrsrsrs mais isso é tudo muito bom,o ruim é quando uma relação não sai disso,quando só existe esse tipo de amor o que acontece é que a insanidade começa a chegar,começam os ciumes doentios, o sentimento de posse exagerado, e quando se chega a esse nível, a relação ou vira um inferno, ou acaba de vez..... os gregos fugiam da paixão, pregavam que a arte de amar era não se apaixonar! o que na verdade não passava de um grande absurdo também, a grande verdade é que precisamos de dois tipos de amor em uma relação...aquele sentimento de homem-mulher que é aquele sentir uaau, mais precisa-se também daquele amor que deixa o outro ser, que da liberdade, que é amigo, que confia, só assim algo vai pra frente na vida a dois...aprendi isso e nunca mais esquecerei.