sábado, 25 de outubro de 2008

Meus Dias

Vivo tentando evitar a tentação de me “aquietar”
Tenho a esperança de nunca ser o que não sou
Percorro essa vida pensando no que verdadeiramente importou
Sou impaciente e inquieto procurando sempre saber os porquês
Não vivo um mundo de fantasia
Sou realista e sempre quero renascer

Um comentário:

Cezar Santos disse...

A duvida é o preço da pureza!!!